Derivado da MotoGP

Motor

Motor Euro 5

A Streetfighter V4 S está em conformidade com os regulamentos anti-poluição Euro 5, mantendo os valores máximos de potência e torque inalterados, mas reposicionados a diferentes velocidades.

A Streetfighter V4 S Euro 5 entrega 208 CV a 13.000 rpm e um torque de 12,6 kgf.m a 9.500 rpm. Esses valores, obtidos graças a uma novo mapeamento e ao novo escapamento, tornam a moto ainda mais agradável nas estradas.

O silenciador, inalterado do ponto de vista estético, utiliza catalisadores sobre dimensionados (+10 mm de comprimento) e uma nova tecnologia de inserção de metais nobres, essenciais para maximizar a capacidade de conversão de gases poluentes. O novo componente permitiu a introdução de um escudo térmico traseiro mais compacto integrado no corpo da motocicleta.

Também a favor da redução das emissões, a introdução de 4 sensores lambda, um para cada cilindro, que permitem um controle mais apurado da quantidade de combustível injetado

Motor derivado da MotoGP

O Desmosedici Stradale foi projetado em torno do coração do motor V4 da MotoGP – os cabeçotes.

O conceito de dinâmica de fluidos do Desmosedici Stradale é baseado nas dimensões e geometria usadas na moto Desmosedici GP, assim como o layout do motor: 90 ° V4 inclinado para trás 42 °. Esta solução torna o motor extremamente compacto, permitindo a centralização das massas e uma melhor integração na moto.

Arquitetura de corrida: pista e ruas

O diâmetro de 81 mm é o mesmo usado na Desmosedici GP, o tamanho máximo permitido pelos regulamentos da MotoGP, e é o maior no segmento de superesportivas de 4 cilindros. O curso de 53,5 mm é mais longo do que o motor GP, para fornecer maior torque quando usado na estrada e reduzir a velocidade máxima da rotação do motor. A utilização do mesmo diâmetro do motor Desmosedici GP significa que toda a dinâmica dos fluidos que de fato constitui o coração do motor, que também é muito semelhante nas duas unidades de propulsão.

O layout V4 90 ° torna o motor extremamente compacto, permitindo a centralização das massas e melhor integração na moto. Na verdade, o Desmosedici Stradale foi inserido nesta moto com a bancada dianteira de cilindros disposta a 42 ° para trás em relação ao plano horizontal, como nos motores Ducati que competem na MotoGP.

Isso otimiza a distribuição de peso, permitindo o uso de radiadores mais extensos e torna possível um melhor deslocamento da balança. A arquitetura também gera um equilíbrio natural de forças de primeira ordem, sem o ganho de peso ou perda de potência do virabrequim. 

Motor em V

Para a Ducati, o layout V4 a 90 ° é a expressão máxima de esportividade para um motor de uma motocicleta. Não por acaso, é a mesma solução usada nos motores Desmosedici da MotoGP.

Continuar lendo
Compactação

Comparado com um clássico de quatro cilindros em linha, a compactação lateral do motor em V permite uma maior centralização das massas e torna possível limitar o peso na extremidade dianteira da moto. Além disso, o virabrequim mais curto gera um efeito giroscópico menor. Todos esses aspectos impactam positivamente na dinâmica da motocicleta, ajudando a torná-la leve e rápida nas mudanças de direção.

Continuar lendo
Integração entre motor e chassi

A integração ideal do motor e do chassi é um conceito fundamental por trás de cada projeto da Ducati. É por isso que o Desmosedici Stradale foi desenvolvido para ser disposto a 42 ° de inclinação, como os motores Ducati MotoGP, para otimizar a distribuição de peso, usar radiadores mais extensos e melhor deslocamento da balança.

Continuar lendo
Sistema Desmodrômico

Como todos os motores Ducati, o design do sistema Desmodromico é um fator chave para obter o melhor desempenho. O sistema Desmodromico da Desmosedici Stradale usa componentes totalmente redesenhados e miniaturizados para obter cabeçotes mais eficientes, atingindo um nível de sofisticação, compactação e leveza nunca antes visto em uma moto da Ducati.

Virabrequim contra rotativo

Em motos comuns, o virabrequim gira na mesma direção que as rodas. Em contraste, na MotoGP, o virabrequim contra rotativo gira na direção oposta. Os especialistas em motores da Ducati adaptaram esta solução técnica dos modelos de corrida pelas mesmas razões que ela foi aplicada no mundo competitivo. O virabrequim contra rotativo permite compensar parte do efeito giroscópico produzido pelas rodas durante a condução, o que resulta em um melhor manuseio e uma bike mais ágil nas mudanças de direção.

Continuar lendo
Ordem de ignição "Twin Pulse"

O deslocamento de 70 ° dos pinos do virabrequim combinado com o layout do motor V de 90 ° gera uma ordem de ignição que a Ducati chamou de "Twin Pulse" porque é como se o motor estivesse reproduzindo a sequência de ignição de um cilindro duplo. A diferença está no disparo rápido dos dois cilindros do lado esquerdo e depois do lado direito da bike. No diagrama de tempo, as ignições estão situadas a 0 °, 90 °, 290 ° e 380 °. Esta ordem de ignição em particular dá a V4 um som bastante semelhante ao da Desmosedici MotoGP.

Continuar lendo
Magnésio: a liga preciosa

O magnésio se destaca entre os demais materiais por ser considerado o mais leve. Não é por acaso que esse é o material usado em competições. O Desmosedici Stradale usa liga de magnésio para vários componentes, incluindo tampas de cabeçote, reservatório de óleo, alternador e embreagem. Uma escolha técnica que também tem um impacto positivo no visual da moto.

Alumínio: resistência e leveza

Os carters são feitos de alumínio fundido por gravidade e acoplados com corte horizontal. A caixa superior inclui a quatro cilindros de alumínio com revestimento de nikasil que garante baixa fricção e proteção contra desgaste.

Peso

A colaboração com a Ducati Corse tornou possível alcançar um motor compacto, leve e de alto desempenho. Pesando 64,5 kg, o Desmosedici Stradale é apenas 2 kg mais pesado do que o Superquadro de 1.285 cm³ de dois cilindros.

Pistões

Pistões com diâmetro de 81 mm de diâmetro nos cilindros, com dois anéis de pistão de baixa fricção, mais anel raspador de óleo. São moldados em alumínio e utilizam a tecnologia “box in box” que permite conter a altura da saia e a espessura sob a coroa do pistão, reduzindo as cargas de atrito e inércia, mantendo a durabilidade e rigidez exigidas.

Taxa de compressão

A taxa de compressão é de 14: 1, um alto valor que mais uma vez reflete um design de origem competitiva. Os pistões são acoplados as hastes de aço forjadas com uma distância de centro de 101,8 mm.

DQS Up & Down: trocando de marcha como nas pistas

A funcionalidade perfeita da caixa de câmbio de seis marchas foi aprimorada pelo Ducati Quick Shift EVO (DQS EVO), que oferece uma evolução fundamental: mudar de marcha sem a necessidade do uso da embreagem. Além disso, o DQS EVO é adaptado para fazer a troca de marcha para cima e para baixo. A integração com a embreagem e freio motor (Engine Brake Control) garante a eficácia absoluta do sistema mesmo nas pistas.

Embreagem Slipper

A embreagem úmida com controle progressivo combina de forma otimizada a direção de alto torque e o conforto do piloto. Em condições de pilotagem competitivas, com reduções repentinas e forte travagem com o motor, a embreagem anti-blocante neutraliza a perda de estabilidade da traseira, oferecendo excelente controle durante a frenagem profunda nas curvas.

Sistema semi-seco

Assim como os motores da MotoGP, o Desmosedici Stradale usa uma lubrificação semi-seca da caixa com fases de entrega e recuperação para garantir a lubrificação adequada de todas as peças móveis em todos os momentos.

Continuar lendo
Sistema de Refrigeração

A bomba d'água, localizada no V dos cilindros, é acionada por um eixo acionado por uma combinação de engrenagens. A localização foi projetada para reduzir ao máximo o tamanho do circuito, melhorando sua eficiência e otimizando o peso do motor.

A entrada de ar é confiada a quatro corpos de borboleta ovais (equivalente a 52 mm de diâmetro) conectados a cornetas de entrada fixas de 70 mm de comprimento. Cada corpo do acelerador tem dois injetores: uma sub-borboleta para uso de baixa carga e outra acima dele que entra em ação quando o desempenho máximo do motor é necessário. Os corpos de borboleta de cada banco de cilindros são movidos por um motor elétrico dedicado.

Graças ao sistema Ride by Wire completo, isso permite estratégias de controle eletrônico complexas e modulação da 'sensação' do motor de acordo com o modo de pilotagem selecionado.

Para aumentar o conforto durante as conduções urbanas, o banco do cilindro traseiro é desativado em marcha lenta quando a temperatura da água excede 75 °.

Longos intervalos de manutenção

O ajuste da folga da válvula (Desmo Service) é necessário a cada 24.000 km e os serviços são realizados a cada 12.000 km / 12 meses.

Por dentro dos detalhes

 Há uma infinidade de aspectos de engenharia e tecnológicos concebidos para esta bike campeã. Um equilíbrio de linhas distintas, resposta brutal, tecnologia de ponta e componentes foram combinados nesta "Fórmula de luta" da Streetfighter V4 S. 

Streetfighter V4 S

208 CV da Desmosedici Stradale de 1.103 cc e 178 kg, domada pela aerodinâmica exclusiva. A contemporânea e tecnológica supernaked da Ducati, com um design agressivo e emocionante.

Saiba Mais
Saiba Mais

Cadastre-se para receber novidades Ducati

 Ao inserir seu endereço de e-mail, você estará sempre atualizado com as últimas notícias e promoções da Ducati. A qualquer momento, você pode concluir seu registro e criar seu perfil na Ducati.com para receber comunicações personalizadas e acessar todos os recursos. 

Insira um e-mail válido