Scott Redding

Scott Redding nasceu em Quedgeley a 4 de Janeiro de 1993. Começou a correr aos 12 anos e em três anos juntou-se ao campeonato mundial, fazendo a sua estreia nas 125cc no GP do Qatar de 2008. O talento de Scott ficou evidente desde a primeira corrida, terminando em quinto e tendo a volta mais rápida da corrida. Poucos meses depois, na corrida em Donington Park, Redding ganhou sua primeira vitória e se tornou o piloto mais jovem a vencer uma corrida de campeonato mundial. Ele continuou na categoria 125cc no ano seguinte e depois iniciou sua trajetória na Moto 2 em 2010, terminando em oitavo na classificação final.

Ele permaneceu na Moto2 em 2011 e 2012, terminando em 15º e 5º, respectivamente. Mas foi em 2013 que Scott realmente chamou a atenção de todos, completando uma temporada impressionante que contou com três vitórias, três segundos lugares e um terceiro que lhe garantiu o segundo lugar no ranking final. Devido a uma lesão sofrida na Austrália, Scott perdeu uma das principais corridas da temporada e participou machucado nas corridas finais, o que o privou da chance de lutar pelo título até o final.

Devido aos resultados obtidos, Scott mudou-se para o MotoGP em 2014, correndo na categoria Open. Na sua primeira temporada, o piloto inglês terminou a temporada na 12ª posição da geral. Na temporada seguinte Redding participou da MotoGP, ficando em terceiro lugar no Grande Prêmio de San Marino. Seu desempenho chamou a atenção da Ducati, que o agregou à equipe Pramac Racing para o biênio 2016-2017. Na primeira temporada ele alcançou mais um pódio e chegou perto de subir ao pódigo algumas vezes, terminando em 15º no ano, enquanto na temporada seguinte seu 14º lugar não foi suficiente para mantê-lo no time. Redding continuou no MotoGP por mais um ano, mas os resultados decepcionantes o levaram a mudar de categoria e em 2019 ele enfrentou o British Superbike Championship (BSB) pilotando a Ducati Panigale V4 R.

Com 11 vitórias e 9 pódios, ao final de uma temporada muito disputada, Scott Redding sagrou-se campeão britânico de Superbike. Com a vitória, uma nova oportunidade surgiu na Equipe Ducati Aruba.it Racing, onde o piloto inglês participará na próxima temporada no Campeonato do Mundo de Superbike pilotando novamente uma Panigale V4 R.

Em sua temporada de estreia no WorldSBK com a equipe Aruba.it Racing - Ducati, Scott Redding foi protagonista de um campeonato fantástico. O britânico lutou até o último fim de semana de corridas pelo título do Campeonato do Mundo, terminando a temporada como vice-campeão. Na temporada de 2020, Redding obteve 5 vitórias, 14 pódios e 1 pole position.

Cadastre-se para receber novidades Ducati

 Ao inserir seu endereço de e-mail, você estará sempre atualizado com as últimas notícias e promoções da Ducati. A qualquer momento, você pode concluir seu registro e criar seu perfil na Ducati.com para receber comunicações personalizadas e acessar todos os recursos. 

Você concorda com o processamento
Insira um e-mail válido