Pecco Bagnaia triunfa no GP de San Marino e Riviera di Rimini e obtém a sua segunda vitória consecutiva no MotoGP. Miller fecha quinto e Pirro décimo primeiro

Apenas sete dias após a vitória extraordinária obtida no GP de Aragão, Pecco Bagnaia mais uma vez conquista o primeiro degrau do pódio no Grande Prêmio da casa, realizado neste domingo no Circuito Mundial de Misano "Marco Simoncelli", diante de 25.000 espectadores presente nas arquibancadas. Para o piloto da Ducati Lenovo Team, que assim alcança seu segundo sucesso consecutivo na categoria principal, termina outro fim de semana perfeito, que o viu dominar a primeira qualificação no sábado e depois a corrida deste domingo.

Largando da pole position, o piloto de Turim assumiu a liderança logo após a largada, ditando um ritmo muito rápido e conseguindo em pouco tempo garantir uma vantagem de mais de um segundo sobre seus rivais. A partir do meio da corrida Quartararo subiu para a segunda posição e começou a se aproximar de Bagnaia, chegando a poucos décimos de segundo nas voltas finais, mas Pecco continuou a pilotar perfeitamente, mantendo a primeira posição até a bandeira quadriculada. O desempenho de Enea Bastianini, piloto da equipa Ducati Esponsorama Racing, alcançou o seu primeiro pódio no MotoGP no final de uma corrida magistral, que o viu recuperar da décima segunda posição do grid para o terceiro degrau do pódio.

O desempenho do companheiro de equipe Jack Miller foi menos afortunado. O australiano, que largou com o segundo melhor tempo, conseguiu fazer uma boa corrida e manter a segunda posição após a largada atrás de Bagnaia. Após metade da corrida, porém, Miller começou a sentir uma vibração na traseira que não lhe permitiu manter o mesmo ritmo. Ultrapassado primeiro por Quartararo e depois por Bastianini, o piloto da Ducati Lenovo Team tentou administrar a vantagem sobre os seus adversários, mas acabou por ser ultrapassado por Marc Márquez na linha de chegada, terminando em quinto.

Depois da corrida deste domingo, Bagnaia, segundo na classificação geral, encurta a distância para 48 pontos atrás de Quartararo, enquanto MIller permanece na quinta colocação com 140 pontos. A Ducati está na primeira posição no Campeonato de Construtores, enquanto a Ducati Lenovo Team está em segundo na classificação por equipes.

Francesco Bagnaia (# 63 Ducati Lenovo Team) - 1º

“Também neste fim de semana trabalhamos na perfeição. Não foi uma corrida fácil: no final o Quartararo estava muito forte, mas tentei me manter o mais constante possível. Conseguir mais uma vitória foi importante, ainda mais aqui em casa, diante de tantos fãs e de quem me ama, foi ainda mais especial. Agora não teremos muito tempo para comemorar: na terça e na quarta estaremos de volta à pista para dois dias de testes, mas por enquanto quero aproveitar este sucesso”.

Jack Miller (# 43 Ducati Lenovo Team) - 5º

“Infelizmente, depois de uma boa largada comecei a sentir algumas vibrações na traseira que não me permitiram manter o mesmo ritmo até o final. Que pena porque nas primeiras voltas, quando estava em segundo atrás do Pecco, me senti muito bem e consegui ganhar uma certa vantagem sobre os meus rivais. Mas então, no meio da corrida, comecei a sofrer com essas vibrações. Tentei o meu melhor para não perder muitas posições. Agora vamos tentar virar a página e focar nos dois dias de testes que teremos aqui em Misano na terça e na quarta-feira. Felicito o Pecco por ter conseguido mais uma vitória extraordinária”.

Michele Pirro (# 51 Ducati Lenovo Team) - 11º

"Sem correr continuamente na MotoGP perdi um pouco o ritmo hoje. Na corrida montei um pneu muito macio que me obrigou a abrandar no final depois de correr alguns riscos. De qualquer forma, me diverti muito e estou feliz com a vitória obtida pelo Bagnaia! Nosso pacote provou funcionar muito bem. Agora espero conseguir um resultado melhor quando voltar a correr aqui em outubro no GP da Emilia Romagna e do Made in Italy. Agradeço à Ducati e à equipe de testes da Ducati pelo apoio durante este final de semana”.

Luigi Dall’Igna (Gerente Geral da Ducati Corse)

“Pecco foi o autor de mais uma corrida extraordinária. Não foi fácil, principalmente no final, quando o declínio dos pneus começou a ser sentido, mas ele pilotou perfeitamente. Muito ruim sobre o problema que atrasou Jack. O Enea também fez uma corrida realmente sensacional! Estou muito feliz e parabenizo todos da Ducati Corse "

Claudio Domenicali (CEO da Ducati Motor Holding)

“Foi realmente um fim de semana extraordinário. Estamos no coração de Motor Valley e a Ducati está em casa aqui em Misano, por isso vencer com um piloto italiano e uma moto italiana é certamente uma emoção maravilhosa. Ontem na qualificação fomos primeiro e segundo com Pecco e Jack, enquanto hoje temos duas das nossas motos no pódio. Bagnaia estava louco: construiu a corrida desde as primeiras voltas e não fez nada de errado, reagindo no final e marcando seu segundo melhor tempo na corrida poucas voltas do final. Enea também foi muito bom! Ele fez uma grande recuperação ao conseguir o seu primeiro pódio na MotoGP. Conseguimos duas vitórias em sete dias e por isso só podemos estar felizes”.

Os pilotos da Ducati Lenovo Team estarão de volta à pista nos dias 21 e 22 de setembro, novamente no Circuito Mundial de Misano "Marco Simoncelli" para enfrentar dois dias de testes coletivos pós-corrida, enquanto a próxima etapa do Campeonato Mundial de MotoGP de 2021 acontecerá nos Estados Unidos, de 01 a 03 de outubro em Austin, no Circuito das Américas.

Cadastre-se para receber novidades Ducati

 Ao inserir seu endereço de e-mail, você estará sempre atualizado com as últimas notícias e promoções da Ducati. A qualquer momento, você pode concluir seu registro e criar seu perfil na Ducati.com para receber comunicações personalizadas e acessar todos os recursos. 

Você concorda com o processamento
Insira um e-mail válido