Michele Pirro

Nascido em San Giovanni Rotondo em 5 de julho de 1986, Michele Pirro é um dos pilotos mais experientes do paddock, tendo competido - com bons resultados - em praticamente todas as categorias de corrida. O pugilista, que está prestes a começar a sua décima época com a Ducati como piloto da equipa de testes de MotoGP, foi coroado Campeão Europeu de 125 GP em 2004 e sagrou-se Campeão Italiano sete vezes. Ganhou os títulos nacionais em Superstock em 2007 e 2008, em Supersport em 2009 e depois em Superbike em 2015, 2017, 2018, 2019 e 2021 com a Ducati.

Pirro estreou-se a nível mundial em 2003 como wild card nas 125cc. No ano seguinte, voltou a correr no GP de Itália como wild card e no GP de Valência para substituir o lesionado Marco Simoncelli. Pirro então participaria de todo o Campeonato Mundial em 2005 e 2006 antes de mudar para campeonatos de motocicleta baseados em produção.

Em 2007, Pirro estreou-se no Superstock 1000, participando tanto na Taça FIM como no CiV, onde conquistou o título italiano por dois anos consecutivos. Em 2009 competiu no Mundial de Supersport, terminando a temporada em décimo segundo lugar, tendo como melhor resultado um sexto lugar em Portimão, e com a mesma moto sagrou-se Campeão de Itália. Em 2010, Pirro continuou o seu compromisso com o Supersport, e também participou no Moto2 Aragón GP. No ano seguinte ingressou no Fiamme Oro, grupo desportivo da Polícia Italiana, competindo toda a época na Moto2. Ele terminou em terceiro na Grã-Bretanha, enquanto em Valência conquistou a pole e a vitória, correndo com a placa #58 em memória do falecido Marco Simoncelli.

Em 2012, Pirro subiu para o MotoGP, correndo na categoria CRT. Graças aos bons resultados, ingressou na Ducati em 2013 como piloto de testes para desenvolver a moto Desmosedici GP e participou em três corridas como wild card. Ele também substituiu o lesionado Ben Spies na Pramac Racing Team em outros sete GPs e participou da última rodada do Campeonato Mundial de Superbike como substituto de Carlos Checa na Ducati 1199.

Pirro continuou sua atividade de testes no ano seguinte e substituiu Cal Crutchlow na equipe de fábrica para o GP da Argentina. Ele competiu em cinco corridas como wild card, marcando dezoito pontos e terminando o ano em 19º no geral. A temporada de 2015 viu-o novamente com a Ducati, com três participações no MotoGP como wild card e duas no Mundial de Superbike na Panigale R no lugar de Davide Giugliano. Pirro marcou pontos em quase todas as corridas, terminando em 21º em ambos os campeonatos. Além disso, ele participou do CiV na Panigale R da Barni Racing Team, dominando a categoria Superbike e vencendo metade das corridas do calendário.

A temporada de 2016 o viu participando de nove GPs: dois como wild card na terceira moto de fábrica e dois como substituto de Andrea Iannone na equipe de fábrica. Ele também substituiu Danilo Petrucci na Pramac Racing Team em três corridas e Loris Baz na Avintia Racing Team em mais duas, somando 36 pontos e terminando em 19º na classificação. Em 2017, ele participou de três corridas como wild card na terceira moto de fábrica, marcando vinte e cinco pontos. Ele repetiu seu sucesso em Superbike no CiV, levando sua Panigale R à vitória em 11 das 12 corridas.

Em 2018, apesar de uma pequena pausa nas corridas devido a um grave acidente nos treinos de Mugello, Pirro participou de três corridas no MotoGP, marcando seu melhor resultado da carreira com um quarto lugar no último GP em Valência. Pirro também conquistou o título do Campeonato Italiano de Superbike no CiV pela terceira vez com oito vitórias.

Em 2019, Michele continuou seu domínio do campeonato nacional e foi coroado campeão novamente com nove vitórias e três segundos lugares. Durante o mesmo ano, o piloto da Apúlia fez três participações como wild card no MotoGP no GP de Itália, no GP de San Marino e Riviera di Rimini e no GP de Valência. 2020 o viu participando de sua sexta temporada no CiV com a Barni Racing Team. Ele também correu no Red Bull Ring em Spielberg, na Áustria, com a Pramac Racing Team como substituto do lesionado Pecco Bagnaia.

Em 2021, com 11 vitórias em 12 corridas realizadas e um segundo lugar, Michele garantiu o seu quinto título de Superbike no Campeonato Italiano, onde retomou a participação com a Panigale V4 R da Barni Racing Team. No mesmo ano, o piloto italiano também participou no Campeonato do Mundo de MotoGP em três ocasiões. No GP da Itália em Mugello, Pirro substituiu o lesionado Jorge Martín na Pramac Racing Team. Então, ele participou dos dois eventos realizados no Circuito Mundial de Misano "Marco Simoncelli" em setembro e outubro como wild card com a Ducati Test Team.

Além de defender o título italiano de Superbike novamente com as cores da equipe de Bergamo, Pirro continuará seu importante trabalho como testador em 2022. Além de desenvolver a Ducati Desmosedici GP, Michele continuará testando a nova Ducati MotoE, que fará sua estreia na Copa do Mundo FIM MotoE em 2023 e na qual já conseguiu fazer os primeiros quilômetros em Misano Adriatico em dezembro passado.

Informações pessoais

  • Idade: 35 (nascido em 5 de julho de 1986)
  • Local de Nascimento: San Giovanni Rotondo, Itália
  • Residência: Cesena, Itália
  • Solteiro
  • Altura: 5 pés, 8 polegadas (178 cm)
  • Peso: 152 lb (69 kg)
  • Site oficial: www.mpirro.it

Estatísticas de corrida

  • Moto: Ducati Desmosedici GP
  • Número da corrida: 51
  • GPs largados: 107 (60 x MotoGP, 18 x Moto2, 29 x 125cc)
  • Primeiro GP: Qatar 2012 (MotoGP), Aragão 2010 (Moto2), Itália 2003 (125cc)
  • Vitórias: 1 (Moto2)
  • Primeira vitória: Valência 2011 (Moto2)
  • Posições dos pólos: 1 (Moto2)
  • Primeira pole: Valência 2011 (Moto2)
  • Pontos: 229 (MotoGP) + 86 (Moto2) + 3 (125cc)

Acompanhe Michele Pirro através das redes sociais

Cadastre-se para receber novidades Ducati

 Ao inserir seu endereço de e-mail, você estará sempre atualizado com as últimas notícias e promoções da Ducati. A qualquer momento, você pode concluir seu registro e criar seu perfil na Ducati.com para receber comunicações personalizadas e acessar todos os recursos. 

Insira um e-mail válido